Linha Aberta - Carlos Alberto Sardenberg

Sinopsis

Análise das novidades dos cenários econômicos brasileiro e mundial. De segunda a sexta.

Episodios

  • Corte nos juros e alta no desemprego são destaques da semana na área econômica

    Corte nos juros e alta no desemprego são destaques da semana na área econômica

    07/08/2020 Duración: 05min

    Carlos Alberto Sardenberg faz um panorama dos assuntos econômicos mais importantes dos últimos dias. Ele destaca a reunião do Copom, que reduziu a taxa Selic e sinalizou a possibilidade de novos cortes. Ele ressalta, também, resultados do IPCA e aumento no desemprego. 'Houve brutal destruição de vagas' comenta.

  • Guedes faz discurso desnecessário e idiota ao apontar problemas ambientais de outros países

    Guedes faz discurso 'desnecessário e idiota' ao apontar problemas ambientais de outros países

    07/08/2020 Duración: 03min

    Na quinta-feira, o ministro da Economia criticou investidores estrangeiros que exigem combate ao desmatamento no Brasil. Guedes argumentou que os países desenvolvidos não tiveram preocupação com o meio ambiente no passado. Carlos Alberto Sardenberg destaca que estrangeiros têm sofrido consequências negativas da destruição ambiental e avalia que ministro defende posição 'ridícula' ao sugerir que Brasil tenha 'direito' de desmatar.

  • No segundo semestre, teremos mais empregos e mais desempregados, ao mesmo tempo

    No segundo semestre, teremos mais empregos e mais desempregados, ao mesmo tempo

    07/08/2020 Duración: 05min

    Carlos Alberto Sardenberg faz uma análise dos dados divulgados ontem pela PNAD. Ele afirma que, aparentemente, o índice de desemprego não foi tão alto assim. Entretanto, a taxa de 13,3% não mostra a situação dramática do setor. No trimestre terminado em junho, houve perda de 9 milhões de empregos. E as pessoas que perderam suas vagas não aparecem nessa taxa porque elas não estão procurando emprego. No segundo semestre, economia deve voltar a funcionar e a gerar empregos. Com isso, teremos uma situação que parece paradoxal: Mais pessoas estarão trabalhando e a taxa de desemprego deve aumentar.

  • Número de pessoas que estão no mercado de trabalho no país é muito baixo

    Número de pessoas que estão no mercado de trabalho no país é muito baixo

    06/08/2020 Duración: 07min

    Sardenberg explica que, neste momento, a taxa de desemprego não mostra a situação real. 'A gente tem que olhar, do outro lado, a população ocupada', diz. Esse número teve uma queda expressiva: nove milhões a menos de pessoas trabalhando. O dado não é refletido na taxa de desemprego porque nem todas essas pessoas estão buscando emprego. 'Muita gente simplesmente desiste', afirma Sardenberg. 'Para o IBGE, a pessoa desempregada é a que está procurando e não encontra.'

  • Banco Central indica a possibilidade de queda adicional da Selic

    Banco Central indica a possibilidade de queda adicional da Selic

    06/08/2020 Duración: 11min

    Carlos Alberto Sardenberg analisa o que o Banco Central está levando em consideração para seguir com processo de queda da taxa básica de juros. Com o corte de 0,25 ponto percentual, a taxa Selic ficou em 2%. O corte era certo, mas duas novidades chamam a atenção no comunicado. O BC indicou que há espaço para outra queda da Selic. Além disso, sugeriu que não vê espaço para uma alta da Selic.

  • Maneira como governo conduz reforma tributária parece coisa de manicômio

    Maneira como governo conduz reforma tributária 'parece coisa de manicômio'

    05/08/2020 Duración: 09min

    Nesta quarta, Paulo Guedes participou de reunião com a comissão parlamentar que analisa a reforma tributária. Carlos Alberto Sardenberg considera que proposta de reforma não é clara e avalia que, por isso, discussões no Congresso ficam comprometidas. 'Nesse momento, acho que vai haver aumento de imposto', comenta. Ele destaca, ainda, que mudança no sistema tributário se insere em um debate mundial sobre administração pública.

  • Líbano vive situação de muita dificuldade econômica e baixo crescimento

    Líbano vive situação de muita dificuldade econômica e baixo crescimento

    05/08/2020 Duración: 09min

    Carlos Alberto Sardenberg fala sore a situação do país. Ontem, uma megaexplosão em Beirute deixou mais de 100 mortos e quatro mil feridos. Comentarista destaca que o país tinha possibilidades de ser centro comercial e financeiro de toda a região, entretanto, uma sequência de guerras civis fechou as fronteiras e hoje o Líbano passou a ter um crescimento econômico muito baixo e a vivenciar aumento da pobreza.

  • Começo de recuperação econômica é puxado de programas de auxílio do governo

    Começo de recuperação econômica é puxado de programas de auxílio do governo

    04/08/2020 Duración: 07min

    Carlos Alberto Sardenberg destaca programas como o auxílio emergencial tiveram papel importante na recuperação registrada em maio e junho. No entanto, ele lembra que índices econômicos ainda não voltaram aos patamares de antes da pandemia. Discussões sobre recriação da CPMF e cortes no FGTS também estão entre os destaques.

  • Confusão envolvendo nova CPMF talvez seja proposital para emplacar a medida

    Confusão envolvendo nova CPMF 'talvez seja proposital' para emplacar a medida

    04/08/2020 Duración: 10min

    Carlos Alberto Sardenberg analisa a discussão envolvendo a nova CPMF. Ele explica que Paulo Guedes levanta até algumas teses corretas, mas mistura as coisas de modo que chegue a velha CPMF como se fosso um novo tipo de imposto. 'No Brasil se fala do imposto digital, mas, na verdade, o que eles querem é voltar com aquela velha CPMF e arrecadar muito dinheiro'.

  • Banco Central pode e deve cortar juros no atual cenário

    Banco Central 'pode e deve' cortar juros no atual cenário

    03/08/2020 Duración: 09min

    Carlos Alberto Sardenberg comenta que Comitê de Política Monetária deve fazer novo corte na taxa básica de juros, nessa semana, por causa da baixa inflação e da queda na atividade econômica. No entanto, ele avalia que 'sistema precisa funcionar melhor' para que o crédito pessoal fique ainda mais barato, o que incentivaria o consumo.

  • Queda nos juros, alta no desemprego e tensão com CPMF vão movimentar a semana

    Queda nos juros, alta no desemprego e tensão com CPMF vão movimentar a semana

    03/08/2020 Duración: 08min

    Carlos Alberto Sardenberg falou sobre a nova CPMF. ‘Vai se estabelecer uma disputa entre Congresso, equipe econômica e Bolsonaro’. Sardenberg também destacou a reunião do Copom e divulgação da Pnad, pelo IBGE, adiada para quinta-feira, por dificuldades na coleta de dados. A taxa de desemprego deve ficar acima dos 12%.

  • Temor é que segunda onda do coronavírus cause mais prejuízos à economia mundial

    Temor é que segunda onda do coronavírus cause mais prejuízos à economia mundial

    31/07/2020 Duración: 05min

    Isso porque países que, aparentemente, tinham controlado a pandemia voltaram a adotar o confinamento após aumento de novos casos. Além disso, o tombo no PIB de potências como a Alemanha e os Estados Unidos derrubou bolsas pelo mundo e acendeu alerta sobre o ritmo de recuperação pós-Covid-19. Carlos Alberto Sardenberg destaca que a discussão agora é como manter programas de ajuda num momento em que os governos já gastaram muito.

  • Segundas ondas vão deixando todo mundo mais preocupado

    'Segundas ondas vão deixando todo mundo mais preocupado'

    30/07/2020 Duración: 11min

    O PIB no segundo trimestre nos Estados Unidos e na Alemanha registrou quedas históricas. Nos EUA, queda de 33% e no país alemão, 10%. Esse é o efeito da pandemia do novo coronavírus em duas das maiores economias do mundo. Carlos Alberto Sardenberg explicou as consequências dessa situação para a economia mundial: 'levou uma instabilidade para os mercados do mundo inteiro'. Ele comentou também o surgimento de novas ondas do vírus. 'Essas segundas ondas vão deixando todo mundo mais preocupado, porque as quedas podem ser maiores que o esperado', diz.

  • Nota de R$ 200 pode favorecer a corrupção

    Nota de R$ 200 pode favorecer a corrupção

    30/07/2020 Duración: 06min

    Uma das justificativas do Banco Central para a novidade é que há uma demanda maior por papel moeda, mas, para Carlos Alberto Sardenberg, o que se vê é um uso cada vez mais amplo de pagamentos digitais. Segundo o comentarista, a criação da nova nota vai ajudar criminosos a transportar dinheiro roubado.

  • Com notas de R$ 200, você coloca o dobro do dinheiro na mesma maleta

    'Com notas de R$ 200, você coloca o dobro do dinheiro na mesma maleta'

    29/07/2020 Duración: 04min

    Carlos Alberto Sardenberg fala sobre o anúncio do Banco Central de que colocará em circulação notas de R$ 200. Comentarista diz que não gostou da novidade. Em sua avaliação, o argumento do BC é que facilita a logística, entretanto, essa medida também facilita a corrupção. Ele ressalta que temos visto no noticiário muitas maletas de dinheiro sendo encontradas.

  • Palestra de Aras foi música para o ouvido de advogados criminalistas

    Palestra de Aras foi 'música para o ouvido' de advogados criminalistas

    29/07/2020 Duración: 06min

    Numa palestra virtual, o procurador-geral da República 'abraçou completamente' a tese de que a Lava-jato é ilegal, na avaliação de Carlos Alberto Sardenberg. O chefe do Ministério Público está em atrito com a força-tarefa por causa do compartilhamento de informações. Aras defendeu que os dados sejam centralizados no gabinete dele em Brasília, o que, segundo o comentarista, significa que acabou com o 'combate pesado à corrupção'.

  • Perda de vagas de trabalho vem diminuindo mês a mês

    Perda de vagas de trabalho vem diminuindo mês a mês

    28/07/2020 Duración: 12min

    Carlos Alberto Sardenberg fala sobre os dados de emprego formal, divulgados nesta terça-feira. Ele avalia que, no agregado do primeiro semestre, o resultado é muito ruim. Entretanto, se olharmos mês a mês, há uma melhora expressiva. Em abril, foram 900 mil vagas perdidas. Em junho, 10,9 mil vagas foram fechadas. Para o comentarista, isso indica que a situação está melhorando. Comentarista afirma que resultado foi melhor do que o esperado.

  • Período criou uma falsa sensação de que o governo pode gastar à vontade

    'Período criou uma falsa sensação de que o governo pode gastar à vontade'

    27/07/2020 Duración: 06min

    Sardenberg alerta que o aumento dos gastos, embora necessário durante a pandemia, trará consequências para investimentos em infraestrutura e sociais. Não adianta pensar que, se o governo está gastando muito agora, é porque teria condições de fazer isso em outros momentos. 'Os países que têm se saído melhor na pandemia tinham as contas públicas arrumadas', acrescenta.

  • A questão vai ser como administrar a dívida pós-pandemia

    'A questão vai ser como administrar a dívida pós-pandemia'

    27/07/2020 Duración: 06min

    Carlos Alberto Sardenberg analisa a questão da reforma tributária. Ele destaca que nós vamos sair da crise provocada pela pandemia com uma dívida enorme. Com isso, começam a aparecer questões envolvendo o aumento de imposto.

  • Resultados de maio são fracos, mas primeiros sinais de junho são mais promissores

    Resultados de maio são fracos, mas 'primeiros sinais' de junho são mais promissores

    10/07/2020 Duración: 12min

    Carlos Alberto Sardenberg ressalta que resultados da indústria e do varejo em maio representaram melhora, mas sobre uma base 'muito fraca', enquanto o setor de serviços registrou nova queda. Apesar disso, ele destaca que índice de confiança do empresário industrial cresceu em junho. Sardenberg comenta, ainda, indicação de Milton Ribeiro para o MEC. 'Não me agrada ele ser da ala ideológica', afirma.

página 1 de 2